6-domingo-do-tempo-comum

6º Domingo do Tempo Comum – Jesus nos devolve a dignidade

Neste domingo do 6º Domingo do tempo comum, 14/02/2021, vemos uma ligação muito clara entre a primeira leitura (Livro do Levítico) e o Evangelho de São Marcos.

Conheça nosso canal do YouTube e reze o Santo Terço conosco.

6-domingo-do-tempo-comum
Crédito: brasilgospel.club

A Lei condenava, mas Jesus libertava

Na primeira leitura vemos que um homem quando era acometido de lepra deveria ser apresentado ao sacerdote. Com isso ele era declarado como impuro, devendo andar com as roupas sujas, barba comprida e gritando “impuro”.

Já no Evangelho Jesus toca no leproso, o que era proibido na época, e cura-o. Porém, mais que isso, Jesus pede para que o homem vá se apresentar ao sacerdote, conforme exigia a lei.

Com isso, Jesus, além de curar aquela enfermidade, devolveu a dignidade de filho de Deus para o homem leproso. É o que acontece conosco quando nos afastamos de Deus pelo pecado.

O pecado nos mata fisicamente e espiritualmente

É sabido que muitas doenças físicas possuem causa mental (ou espiritual). Depressão, ansiedade e muitas outras refletem no nosso organismo nossa falência espiritual. Muitas vezes essas doenças são chamadas de doenças psico-sociais e podem também nos afastar socialmente.

Portanto, ao abandonarmos nossa vida de pecado e aderirmos totalmente a Jesus ganhamos de volta nossa dignidade como filhos de Deus. Todavia, somos curados de nossos pecados e também de nossas doenças espirituais.

Peça a cura para Jesus

Devemos nos espelhar no leproso do Evangelho de hoje. Jesus nos toca fisicamente todas as vezes que comungamos do seu corpo e sangue na Eucaristia. Por isso, comungue bem e não deixe passar esse momento tão importante. Faça seu momento de ação de graças durante sua comunhão e logo após. Jesus está te curando naquele momento, como fez com o leproso.

Peça a cura e receba também a dignidade de filho de Deus. Um filho que não merece nunca o perdão, mas através de Sua infinita misericórdia somo incorporados novamente no corpo místico de Jesus e, um dia, fazer parte do corpo de santos no céu!

Esta foi a reflexão do 6º Domingo do Tempo Comum (14/02/2021).

Deixe uma resposta

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: