Parábola do filho pródigo – reflexão

Parábola do filho pródigo ou do pai misericordioso?

Muitas vezes encontramos o título da parábola como sendo “filho pródigo”. Porém, quem realmente é o personagem principal?

filho-prodigo Os fariseus acusavam Jesus de comer com pecadores, pois não entendiam a real dimensão da infinita misericórdia de Deus. Logo, é nesse contexto que Ele pega seus filhos com carinho, os coloca no colo, e conta uma história, uma parábola.

Mas o que é uma parábola?

Parábola é algo que nos faz pensar. Portanto, é uma história que tem uma grande mensagem (a chamada moral da história) por detrás dela. Mas, como ela nos faz pensar, cada pessoa recebe essa mensagem de uma forma diferente, de acordo com o nosso estado de espírito.

Acredito que já ouvimos e lemos muitas vezes esta parábola. Cada vez que pensamos nela nos chama atenção um ponto diferente: ora somos o filho mais novo, ora o filho mais velho. Outra vez nos atentamos para o Amor do Pai e assim por diante.

Uma breve reflexão

Sendo assim, compartilho aqui com vocês minha reflexão sobre este tema: a infinita misericórdia de Deus. Uma oficina de pregação que estou participando na paróquia e que pode nos ajudar a entender melhor como o nosso verdadeiro arrependimento de nossos pecados pode nos levar a salvação eterna, com todas as nossas falhas morrendo naquele abraço do Pai. Segue o vídeo da reflexão:

Reze conosco o Santo Terço todas as noites aqui.

Deixe uma resposta

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: