Foto de Santo Agostinho num quarto com cortinas verdes. Está vestido com uma veste episcopal dourada, sentado numa escrivaninha. Na mão direita uma pena de escrever e na esquerda um coração em chamas

Santo Agostinho – Filho de Santa Mônica

Santo Agostinho – santo do dia 28/08.

Celebramos, neste dia, a memória do grande Bispo e Doutor da Igreja que nos enche de alegria, pois, com a graça de Deus, se tornou modelo de cristão para todos. Agostinho nasceu em Tagaste, no norte da África, em 354, filho de Patrício (convertido) e da cristã Santa Mônica, a qual rezou durante 33 anos para que o filho fosse de Deus.

Aconteceu que Agostinho era de grande capacidade intelectual, profundo, porém, preferiu saciar seu coração e procurar suas respostas existentes tanto nas paixões como nas diversas correntes filosóficas, por isso tornou-se membro da seita dos maniqueus.

O que é a verdade? Essa pergunta feita por Pilatos a Jesus ainda fica para os dias de hoje. Ouça mais um Cate Cast clicando aqui!

Com a morte do pai, Agostinho procurou se aprofundar nos estudos, principalmente na arte da retórica. Sendo assim, depois de passar em Roma, tornou-se professor em Milão, onde envolvido pela intercessão de Santa Mônica, acabou frequentando, por causa da oratória, os profundos e famosos Sermões de Santo Ambrósio. Até que, por meio da Palavra anunciada, a Verdade começou a mudar sua vida.

O seu processo de conversão recebeu um “empurrão” quando, na luta contra os desejos da carne, acolheu o convite: “Toma e lê”, e assim encontrou, na Palavra de Deus (Romanos 13,13ss), a força para a decisão por Jesus:”…revesti-vos do Senhor Jesus Cristo…não vos abandoneis às preocupações da carne para lhe satisfazerdes as concupiscências”.

Conheça a poderosa devoção as três Ave-Marias ensinadas por Nossa Senhora a Santa Matilde. Uma oração simples que nos ajudará a não cair em pecado mortal. Clique e confira!

Santo Agostinho, que entrou no Céu com 76 anos de idade (no ano 430), converteu-se com 33 anos, quando foi catequizado e batizado por Santo Ambrósio. Depois de perder sua mãe, voltou para a África, onde fundou uma comunidade cristã ocupada na oração, estudo da Palavra e caridade. Isso até ser ordenado sacerdote e bispo de Hipona, santo, sábio, apologista e fecundo filósofo e teólogo da graça e da verdade.

Santo Agostinho, rogai por nós!

Conheça o nosso canal do YouTube e nos ajude fazendo sua inscrição!

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: